Loading
 
 
 
Loading
 
Igreja Greco Católica Ucraniana busca reconhecimento da Santa Sé como Patriarcado
Loading
 
7 de Março de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Rússia - Kiev (Quarta-feira, 07-03-2018, Gaudium Press) Durante um discurso proferido pelos 125 anos do nascimento do Cardeal Josip Slipyi, o Arcebispo Maior da Igreja Greco Católica Ucraniana, Dom Sviatoslav Shevchuk falou de uma recente renovação do pedido do status patriarcal para esta Igreja. O prelado qualificou o que seria este possível próximo passo como um "testemunho da unidade da Igreja de Cristo do primeiro milênio".

Igreja Greco Católica Ucraniana busca reconhecimento da Santa Sé como Patriarcado.jpg

A Igreja Greco Católica Ucraniana cumpre as condições para ser considerada um Patriarcado por ser uma Igreja 'sui iuris', mas o pedido foi reiteradamente negado porque poderia representar um obstáculo às relações com os ortodoxos. Em seu lugar, a Santa Sé reconhece um Arquiepiscopado Maior, que conta com um Sínodo que elege seu Arcebispo Maior, mas cuja nomeação deve ser confirmada pelo Papa para ser válida.

No caso de ser reconhecido como um Patriarcado, o Sínodo desta Igreja elegeria o Patriarca e a decisão seria informada ao Papa, após a qual ele concederia a comunhão eclesial ao novo prelado. A condição do Patriarcado foi estudada durante os preparativos do Concílio Vaticano II e poderia ter sido estendida às Igrejas Ucraniana, Malabar e Etíope. Enquanto a Igreja Greco Católica Ucraniana contava em maior medida com as características necessárias para o reconhecimento, "existia e existe um assunto ecumênico que prevê o reconhecimento da Igreja Greco Católica como um patriarcado", explicou o Arcebispo Cyril Vasil, Secretário da Congregação para as Igrejas Orientais, segundo informou a CNA.

"Desde Paulo VI em diante, os Papas sempre reconheceram a razão por trás do pedido ucraniano, mas não deram esse passo administrativo para não ferir o caminho ecumênico com o mundo ortodoxo e em particular com o Patriarcado de Moscou", comentou o Secretário. A Santa Sé pediu portanto "um valente testemunho de paciência" a esta igreja 'sui iuris'.

O Arcebispo Maior rejeitou que o reconhecimento de um Patriarcado poderia gerar uma igreja nacionalista ou ser um obstáculo para a unidade dos cristãos na Ucrânia e destacou o benefício que traria para esta Igreja: "O objetivo final é o florescimento da vida da Igreja de Kiev. O Patriarcado é um estado mental e a mais importante manifestação da essência e da vocação da Igreja", expressou. (EPC)

Loading
Igreja Greco Católica Ucraniana busca reconhecimento da Santa Sé como Patriarcado

Rússia - Kiev (Quarta-feira, 07-03-2018, Gaudium Press) Durante um discurso proferido pelos 125 anos do nascimento do Cardeal Josip Slipyi, o Arcebispo Maior da Igreja Greco Católica Ucraniana, Dom Sviatoslav Shevchuk falou de uma recente renovação do pedido do status patriarcal para esta Igreja. O prelado qualificou o que seria este possível próximo passo como um "testemunho da unidade da Igreja de Cristo do primeiro milênio".

Igreja Greco Católica Ucraniana busca reconhecimento da Santa Sé como Patriarcado.jpg

A Igreja Greco Católica Ucraniana cumpre as condições para ser considerada um Patriarcado por ser uma Igreja 'sui iuris', mas o pedido foi reiteradamente negado porque poderia representar um obstáculo às relações com os ortodoxos. Em seu lugar, a Santa Sé reconhece um Arquiepiscopado Maior, que conta com um Sínodo que elege seu Arcebispo Maior, mas cuja nomeação deve ser confirmada pelo Papa para ser válida.

No caso de ser reconhecido como um Patriarcado, o Sínodo desta Igreja elegeria o Patriarca e a decisão seria informada ao Papa, após a qual ele concederia a comunhão eclesial ao novo prelado. A condição do Patriarcado foi estudada durante os preparativos do Concílio Vaticano II e poderia ter sido estendida às Igrejas Ucraniana, Malabar e Etíope. Enquanto a Igreja Greco Católica Ucraniana contava em maior medida com as características necessárias para o reconhecimento, "existia e existe um assunto ecumênico que prevê o reconhecimento da Igreja Greco Católica como um patriarcado", explicou o Arcebispo Cyril Vasil, Secretário da Congregação para as Igrejas Orientais, segundo informou a CNA.

"Desde Paulo VI em diante, os Papas sempre reconheceram a razão por trás do pedido ucraniano, mas não deram esse passo administrativo para não ferir o caminho ecumênico com o mundo ortodoxo e em particular com o Patriarcado de Moscou", comentou o Secretário. A Santa Sé pediu portanto "um valente testemunho de paciência" a esta igreja 'sui iuris'.

O Arcebispo Maior rejeitou que o reconhecimento de um Patriarcado poderia gerar uma igreja nacionalista ou ser um obstáculo para a unidade dos cristãos na Ucrânia e destacou o benefício que traria para esta Igreja: "O objetivo final é o florescimento da vida da Igreja de Kiev. O Patriarcado é um estado mental e a mais importante manifestação da essência e da vocação da Igreja", expressou. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/93588-Igreja-Greco-Catolica-Ucraniana-busca-reconhecimento-da-Santa-Se-como-Patriarcado. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Há 200 anos Padre Norbert Provencher e seus companheiros missionários chegaram à atual arquidioce ...
 
O último ato do CAM – V foi a Missa de envio missionário e um Dia Missionário nas paróquias. ...
 
“O discípulo missionário tem antes de tudo o seu centro de referência, que é a pessoa de Jesus ...
 
Dom Paulo Mendes Peixoto cita Jesus Cristo, que se apresentou como mestre para construir uma realida ...
 
“Queremos utilizar essa ferramenta para evangelizar, informar e interagir com maior rapidez com os ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading