Loading
 
 
 
Loading
 
Bispo argentino incentiva católicos a terem formação cristã profunda
Loading
 
7 de Março de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Redação (Quarta-feira, 07-03-2018, Gaudium Press) O Arcebispo de La Plata, na Argentina, Dom Hector Aguer, é um dos bispos que mais incentivam os católicos a terem uma formação cristã sólida.
Ele incentiva os leigos a se formar "nas verdades da fé para poder viver delas e adquirir critérios para discernir e avaliar as coisas do mundo".

07Bispo argentino incentiva católicos a terem formação cristã profunda.jpg

Dom Hector comanda um programa radiofônico denominado "Claves para um Mundo Mejor", em português, Chaves para um Mundo Melhor, onde ele incentiva a todo cristão se preparar "para defender diante dos demais a fé que professamos", uma vez que "temos que ser capazes de dar razão de nossa esperança e fazê-lo com mansidão, com respeito e com boa consciência".
É bem verdade que, em nossos dias, muito católicos se encontram podem estar em situações nas quais são interrogados por pessoas que não têm a mesma fé ou que são questionadas e não são capazes de dar respostas satisfatórias devido à falta de formação em coisas muitas vezes básicas, de catecismo, como se dirá.

Um mestre em educação

Caminhando dentro das ideias de Dom Hector, e com o mesmo intuito de incentivar a formação intelectual, está o mestre em gestão da educação, Julián Echandía.
Cinco razões pelas quais um católico deve se formar na fé foram elaboradas pelo Echandía e publicadas pelo grupo ACI.
Dada a oportunidade dessas razões, vamos transcrevê-las.

Porque quem conhece a fé a ama

"Conhecer nossa fé para amá-la, porque ninguém ama o que não conhece. Os católicos devemos conhecer os conteúdos de nossa fé, porque a fé não é essencialmente sentimento, mas também é a adesão de todo o nosso ser a um conjunto de verdades", explicou Echandía.
Portanto, acrescentou, "devemos conhecer a fundo a fé da Igreja. A fé que não se conhece, não se ama".

Porque aprendemos a viver de modo cristão

Se quisermos servir ao Senhor e amar a Igreja, devemos nos esforçar por nos formarmos integralmente.
Como podemos viver de modo cristão se não sabemos o que é nosso cristianismo?
Esta formação não pode ser superficial, mas encarnada e integral. Conhecer e amar para servir.

Porque devemos dar razão de nossas crenças

O especialista manifestou que, para compartilhar nossa fé, devemos aprender a dar razão do que cremos.
"São Pedro convidava os cristãos a que ‘estejam sempre prontos a responder para vossa defesa a todo aquele que vos pedir a razão de vossa esperança' (1Pe 3,15).
Estas palavras também se aplicam a nós. Mostrar nossa convicção com argumentos", assinalou.

Porque permite nos defendermos

A formação do cristão é especialmente necessária em nosso tempo, já que vivemos em um ambiente contrário à fé:
Atacam nossas crenças e valores através da imprensa, do governo etc.

Porque nos ajuda a dialogar com aqueles que estão afastados da Igreja

Finalmente, para concluir seu elenco de motivos, Echandía assegurou que nos formarmos no conhecimento da Fé católica ajudará nas conversas e diálogos com os irmãos afastados e mesmo com pessoas de pensamento religioso contrário:
"A melhor maneira de dialogar, afirma ele, é saber bem qual é nossa fé e saber encontrar os pontos que temos em comum e os que nos diferenciam".
(JSG)

 

Loading
Bispo argentino incentiva católicos a terem formação cristã profunda

Redação (Quarta-feira, 07-03-2018, Gaudium Press) O Arcebispo de La Plata, na Argentina, Dom Hector Aguer, é um dos bispos que mais incentivam os católicos a terem uma formação cristã sólida.
Ele incentiva os leigos a se formar "nas verdades da fé para poder viver delas e adquirir critérios para discernir e avaliar as coisas do mundo".

07Bispo argentino incentiva católicos a terem formação cristã profunda.jpg

Dom Hector comanda um programa radiofônico denominado "Claves para um Mundo Mejor", em português, Chaves para um Mundo Melhor, onde ele incentiva a todo cristão se preparar "para defender diante dos demais a fé que professamos", uma vez que "temos que ser capazes de dar razão de nossa esperança e fazê-lo com mansidão, com respeito e com boa consciência".
É bem verdade que, em nossos dias, muito católicos se encontram podem estar em situações nas quais são interrogados por pessoas que não têm a mesma fé ou que são questionadas e não são capazes de dar respostas satisfatórias devido à falta de formação em coisas muitas vezes básicas, de catecismo, como se dirá.

Um mestre em educação

Caminhando dentro das ideias de Dom Hector, e com o mesmo intuito de incentivar a formação intelectual, está o mestre em gestão da educação, Julián Echandía.
Cinco razões pelas quais um católico deve se formar na fé foram elaboradas pelo Echandía e publicadas pelo grupo ACI.
Dada a oportunidade dessas razões, vamos transcrevê-las.

Porque quem conhece a fé a ama

"Conhecer nossa fé para amá-la, porque ninguém ama o que não conhece. Os católicos devemos conhecer os conteúdos de nossa fé, porque a fé não é essencialmente sentimento, mas também é a adesão de todo o nosso ser a um conjunto de verdades", explicou Echandía.
Portanto, acrescentou, "devemos conhecer a fundo a fé da Igreja. A fé que não se conhece, não se ama".

Porque aprendemos a viver de modo cristão

Se quisermos servir ao Senhor e amar a Igreja, devemos nos esforçar por nos formarmos integralmente.
Como podemos viver de modo cristão se não sabemos o que é nosso cristianismo?
Esta formação não pode ser superficial, mas encarnada e integral. Conhecer e amar para servir.

Porque devemos dar razão de nossas crenças

O especialista manifestou que, para compartilhar nossa fé, devemos aprender a dar razão do que cremos.
"São Pedro convidava os cristãos a que ‘estejam sempre prontos a responder para vossa defesa a todo aquele que vos pedir a razão de vossa esperança' (1Pe 3,15).
Estas palavras também se aplicam a nós. Mostrar nossa convicção com argumentos", assinalou.

Porque permite nos defendermos

A formação do cristão é especialmente necessária em nosso tempo, já que vivemos em um ambiente contrário à fé:
Atacam nossas crenças e valores através da imprensa, do governo etc.

Porque nos ajuda a dialogar com aqueles que estão afastados da Igreja

Finalmente, para concluir seu elenco de motivos, Echandía assegurou que nos formarmos no conhecimento da Fé católica ajudará nas conversas e diálogos com os irmãos afastados e mesmo com pessoas de pensamento religioso contrário:
"A melhor maneira de dialogar, afirma ele, é saber bem qual é nossa fé e saber encontrar os pontos que temos em comum e os que nos diferenciam".
(JSG)

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/93592-Bispo-argentino-incentiva-catolicos-a-terem-formacao-crista-profunda. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Coro da Catedral realizou seu tradicional Concerto Coral Anual de Natal, e se destacou pelo carát ...
 
Papa Francisco recebeu em audiência funcionários TV italiana Telepace, nos seus 40 anos de fundaç ...
 
Os sacerdotes católicos não podem revelar os pecados dos penitentes sob pena de excomunhão, e nem ...
 
O Papa dedicou a homilia de hoje a São José e pediu aos fiéis que não percam a capacidade de s ...
 
Belém é um dos lugares da Terra Santa mais visitados por ocasião do Natal. E não é para menos, ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading