Loading
 
 
 
Loading
 
Papa: para rezar é preciso coragem e paciência
Loading
 
15 de Março de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Quinta-feira, 15-03-2018, Gaudium Press) O Papa Francisco celebrou Missa, pela parte da manhã, na Capela da Casa Santa Marta.

15Papa- para rezar é preciso coragem e paciência.jpg

Em sua homilia, Francisco ressaltou duas palavras: "Coragem e paciência".
Para o Pontífice, "coragem e paciência" são as peculiaridades da oração que deve ser elevada a Deus "com liberdade, como filhos".

A base para as palavras do Papa nasceu da primeira leitura da liturgia de hoje que é tirada do livro do Êxodo. Ela traz o diálogo entre o Senhor e Moisés sobre a apostasia do seu povo.

Diálogo de Moisés com Deus: sinceridade, arrependimento

Moisés fala com Deus. A intenção dele era aplacar a ira divina pedindo ao Senhor que não castigasse seu povo que "havia deixado a glória do Deus vivente para adorar um bezerro de ouro".

No diálogo com Deus, o Profeta leva avante argumentações que recordam quanto o Senhor fez por se povo salvando-o da escravidão no Egito. Ele recorda também a fidelidade de Abraão, de Isaac.

Nas palavras proferidas diante de Deus transparece o envolvimento do profeta com a causa que defende e o amor pelo povo que conduzia.

Ele não teme dizer a verdade, é sincero, arrependido e não enfraquece diante da possibilidade "de vender a sua consciência": "E Deus gosta disto", diz o Pontífice. Deus gosta disso -sublinha Francisco-porque "quando Deus vê uma alma, uma pessoa que reza e reza e reza por algo, Ele se comove":

"Eu estou com o povo. E estou Contigo. Esta é a oração de intercessão: uma oração que argumenta, que tem a coragem de dizer na cara ao Senhor, que é paciente.

É preciso paciência na oração de intercessão: nós não podemos prometer a alguém de rezar por ele e depois concluir a coisa com um Pai-Nosso e uma Ave Maria e ir
embora. Não.

Se você diz rezar por outra pessoa, tem que ir por este caminho. E para isso é preciso paciência".

Oração paciente e constante

Nas Sagradas Escrituras encontramos lições de "constância", da capacidade de "ir avante com paciência", por exemplo, a cananeia, o "cego na saída de Jericó".

Comenta Francisco:
"Para a oração de intercessão são necessárias duas coisas: coragem, isto é parresia, coragem e paciência. Se eu quero que o Senhor ouça algo que eu peço, devo ir, e ir, e ir, bater à porta e bato no coração de Deus, e bato ali... mas porque o meu coração está envolvido com isso! Mas se o meu coração não se envolve com aquela necessidade, com aquela pessoa pela qual devo rezar, não será capaz nem mesmo da coragem e da paciência".

Caminho da oração de intercessão

Para concluir suas palavras, o papa indica como deve ser o "caminho da oração de intercessão": estar envolvidos, lutar, ir avante, jejuar.

"Que o Senhor nos dê esta graça. A graça de rezar diante de Deus com liberdade, como filhos; de rezar com insistência, de rezar com paciência.

Mas, sobretudo, rezar sabendo que eu falo com meu Pai, e meu Pai me ouvirá.

Que o Senhor nos ajude a progredir nesta oração de intercessão". (JSG)

 

Loading
Papa: para rezar é preciso coragem e paciência

Cidade do Vaticano (Quinta-feira, 15-03-2018, Gaudium Press) O Papa Francisco celebrou Missa, pela parte da manhã, na Capela da Casa Santa Marta.

15Papa- para rezar é preciso coragem e paciência.jpg

Em sua homilia, Francisco ressaltou duas palavras: "Coragem e paciência".
Para o Pontífice, "coragem e paciência" são as peculiaridades da oração que deve ser elevada a Deus "com liberdade, como filhos".

A base para as palavras do Papa nasceu da primeira leitura da liturgia de hoje que é tirada do livro do Êxodo. Ela traz o diálogo entre o Senhor e Moisés sobre a apostasia do seu povo.

Diálogo de Moisés com Deus: sinceridade, arrependimento

Moisés fala com Deus. A intenção dele era aplacar a ira divina pedindo ao Senhor que não castigasse seu povo que "havia deixado a glória do Deus vivente para adorar um bezerro de ouro".

No diálogo com Deus, o Profeta leva avante argumentações que recordam quanto o Senhor fez por se povo salvando-o da escravidão no Egito. Ele recorda também a fidelidade de Abraão, de Isaac.

Nas palavras proferidas diante de Deus transparece o envolvimento do profeta com a causa que defende e o amor pelo povo que conduzia.

Ele não teme dizer a verdade, é sincero, arrependido e não enfraquece diante da possibilidade "de vender a sua consciência": "E Deus gosta disto", diz o Pontífice. Deus gosta disso -sublinha Francisco-porque "quando Deus vê uma alma, uma pessoa que reza e reza e reza por algo, Ele se comove":

"Eu estou com o povo. E estou Contigo. Esta é a oração de intercessão: uma oração que argumenta, que tem a coragem de dizer na cara ao Senhor, que é paciente.

É preciso paciência na oração de intercessão: nós não podemos prometer a alguém de rezar por ele e depois concluir a coisa com um Pai-Nosso e uma Ave Maria e ir
embora. Não.

Se você diz rezar por outra pessoa, tem que ir por este caminho. E para isso é preciso paciência".

Oração paciente e constante

Nas Sagradas Escrituras encontramos lições de "constância", da capacidade de "ir avante com paciência", por exemplo, a cananeia, o "cego na saída de Jericó".

Comenta Francisco:
"Para a oração de intercessão são necessárias duas coisas: coragem, isto é parresia, coragem e paciência. Se eu quero que o Senhor ouça algo que eu peço, devo ir, e ir, e ir, bater à porta e bato no coração de Deus, e bato ali... mas porque o meu coração está envolvido com isso! Mas se o meu coração não se envolve com aquela necessidade, com aquela pessoa pela qual devo rezar, não será capaz nem mesmo da coragem e da paciência".

Caminho da oração de intercessão

Para concluir suas palavras, o papa indica como deve ser o "caminho da oração de intercessão": estar envolvidos, lutar, ir avante, jejuar.

"Que o Senhor nos dê esta graça. A graça de rezar diante de Deus com liberdade, como filhos; de rezar com insistência, de rezar com paciência.

Mas, sobretudo, rezar sabendo que eu falo com meu Pai, e meu Pai me ouvirá.

Que o Senhor nos ajude a progredir nesta oração de intercessão". (JSG)

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/93778-Papa--para-rezar-e-preciso-coragem-e-paciencia. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Os comentários de Duterte foram recebidos com indignação pelo país de maioria católica. ...
 
A operação policial foi iniciada após uma denúncia de que obras possivelmente estivessem sendo v ...
 
O evento acontecerá na comunidade Santa Lúcia, da Paróquia Santa Catarina. ...
 
O projeto de restauração da Catedral contará também com contribuições da Igreaja, doações e ...
 
“A Formação Sacerdotal Hoje” retrata a trajetória da OSIB, apresentando a experiência dos re ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading