Loading
 
 
 
Loading
 
Bispos: “Não para negócios, não para mundanidade, não para política”, diz Papa
Loading
 
20 de Março de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Terça-feira, 20-03-2018, Gaudium Press) No dia em que a Igreja comemora a festa de São José, esposo da Virgem Maria, Patrono da Igreja, foi a data escolhida para o Papa realizar, na Basílica de São Pedro, o Rito de Ordenação de Bispos, quando foram então sagrados três novos prelados.

20-Bispos ?Não para negócios, não para mundanidade, não para política?, diz Papa.jpg

Os três presbíteros ordenados bispos pelo Santo Padre foram:

Dom Waldemar Stanislaw Sommertag da Diocese polonesa de Pelplin, nascido em 6 de fevereiro de 1968, em Wi?cbork (Polônia), tendo sido ordenado sacerdote em 30 de maio de 1993.
Em 15 de fevereiro de 2018, foi nomeado Núncio Apostólico na Nicarágua.

Dom Alfred Xuereb da Diocese de Gozo, Malta, nascido em 14 de outubro de 1958, em Gozo (Malta), tendo sido ordenado presbítero em 26 de maio de 1984. No último dia 26 de fevereiro havia sido nomeado Núncio Apostólico na Coreia e Mongólia.

Dom José Avelino Bettencourt que pertence à Arquidiocese canadense de Ottawa. Ele nasceu em 23 de maio de 1962, em Azzorre, Portugal. Ele foi ordenado sacerdote em 29 de maio de 1993 e, em 26 de fevereiro deste ano, foi nomeado Núncio Apostólico na Geórgia e Armênia.

Episcopado e Responsabilidades

Na reflexão feita por Francisco durante o Rito de Ordenação ficou bem claro, logo no início o desejo do Papa mostrar que "faz bem refletir atentamente a que responsabilidade eclesial" chega quem é ordenado Bispo.

Foram palavras do Papa:
"Jesus Cristo nosso Senhor, enviado pelo Pai para redimir a humanidade, enviou ao mundo os doze Apóstolos, cheios do Espírito Santo, para anunciarem o Evangelho, e santificarem e conduzirem todos os povos, congregando-os num só redil."

Por isso, recorda Francisco, "para que este ministério continuasse até ao fim dos tempos, os Apóstolos escolheram colaboradores, aos quais comunicaram o dom do Espírito Santo, recebido de Cristo, mediante a imposição das mãos, pela qual é conferida a plenitude do Sacramento da Ordem."

Historia o Papa: "Assim, pela sucessão contínua dos Bispos, foi conservada, através das gerações, a tradição que vem desde o princípio, e a obra do Salvador perdura e cresce até aos nossos dias. Na pessoa do Bispo, rodeado pelos seus presbíteros, está presente no meio de vós nosso Senhor Jesus Cristo, o Pontífice eterno.
É Ele, Cristo Jesus, que, no ministério do Bispo, não cessa de anunciar o Evangelho e de oferecer aos crentes os mistérios da fé.
É Ele que, pelo múnus paterno do Bispo, acrescenta novos membros ao seu Corpo, que é a Igreja."

Quem é o Bispo

"É Ele que, pela sabedoria e prudência do Bispo, vos conduz, ao longo da peregrinação terrena, para a felicidade eterna. Recebei, pois, com santa alegria, estes nossos irmãos, que nós, os Bispos aqui presentes, mediante a imposição das mãos agregamos ao nosso colégio episcopal.
Deveis honrá-los como ministros de Cristo e dispensadores dos mistérios de Deus; a eles se confia o encargo de testemunhar o Evangelho da verdade e comunicar o Espírito e a santidade.
Recordem as palavras de Cristo aos Apóstolos: ‘Quem vos ouve, a Mim ouve; quem vos despreza, a Mim despreza, e quem Me despreza, despreza Aquele que Me enviou'."

O Bispo não é: comerciante, mundano, político

Quanto a vós, -continua o Papa-, irmãos caríssimos eleitos pelo Senhor, recordem que fostes escolhidos dentre os homens e postos ao serviço dos homens nas coisas que dizem respeito a Deus:

" Não para outras coisas. Não para os negócios, não para a mundanidade, não para a política. "

Conselhos e lembranças

Continuou o Santo Padre mostrando o que é ser bispo:
"'Episcopado' significa trabalho, não honra. Pois ao Bispo, mais do que presidir, tem obrigação de servir. Segundo o ensinamento do Mestre, o que é maior seja como o mais pequeno, e o que preside, como quem serve. Fujam da tentação de tornarem-se príncipes."

"Proclamem a palavra, oportuna e inoportunamente; exortem com toda a paciência e doutrina."

"Na oração e no sacrifício oferecido pelo povo a vocês confiado, procurem alcançar, da plenitude da santidade de Cristo, a multiforme riqueza de Deus."

"A primeira missão de um bispo é a oração. Um bispo que não reza não cumpre o seu dever, não preenche a sua vocação. "

"Sejam fiéis dispensadores dos mistérios de Cristo na Igreja que Deus a vós confia; governem-na e guardem-na com paternal solicitude."

"Com amor paterno e fraterno, amem a todos quantos Deus confia ao cuidado pastoral de vocês, sobretudo os presbíteros e os diáconos, vossos colaboradores no ministério."

"Não esqueçam que pertencem ao Colégio Episcopal, no seio da Igreja Católica, toda unida no vínculo da caridade; e não deixem de trazer convosco a solicitude por todas as Igrejas, sempre dispostos a levar ajuda às mais necessitadas."

Orar e Vigiar

"Vigiem. Vigiem com amor todo o rebanho no qual o Espírito Santo vos constitui para regeres a Igreja de Deus. E isto, o façam em nome do Pai, de Quem na Igreja sois a imagem. E em nome do seu Filho Jesus Cristo, cujo múnus de mestre, sacerdote e pastor irão exercer; e em nome do Espírito Santo, que dá vida à Igreja de Cristo e fortalece a nossa fraqueza, com a sua própria força", encerra o Papa. (JSG)

 

Loading
Bispos: “Não para negócios, não para mundanidade, não para política”, diz Papa

Cidade do Vaticano (Terça-feira, 20-03-2018, Gaudium Press) No dia em que a Igreja comemora a festa de São José, esposo da Virgem Maria, Patrono da Igreja, foi a data escolhida para o Papa realizar, na Basílica de São Pedro, o Rito de Ordenação de Bispos, quando foram então sagrados três novos prelados.

20-Bispos ?Não para negócios, não para mundanidade, não para política?, diz Papa.jpg

Os três presbíteros ordenados bispos pelo Santo Padre foram:

Dom Waldemar Stanislaw Sommertag da Diocese polonesa de Pelplin, nascido em 6 de fevereiro de 1968, em Wi?cbork (Polônia), tendo sido ordenado sacerdote em 30 de maio de 1993.
Em 15 de fevereiro de 2018, foi nomeado Núncio Apostólico na Nicarágua.

Dom Alfred Xuereb da Diocese de Gozo, Malta, nascido em 14 de outubro de 1958, em Gozo (Malta), tendo sido ordenado presbítero em 26 de maio de 1984. No último dia 26 de fevereiro havia sido nomeado Núncio Apostólico na Coreia e Mongólia.

Dom José Avelino Bettencourt que pertence à Arquidiocese canadense de Ottawa. Ele nasceu em 23 de maio de 1962, em Azzorre, Portugal. Ele foi ordenado sacerdote em 29 de maio de 1993 e, em 26 de fevereiro deste ano, foi nomeado Núncio Apostólico na Geórgia e Armênia.

Episcopado e Responsabilidades

Na reflexão feita por Francisco durante o Rito de Ordenação ficou bem claro, logo no início o desejo do Papa mostrar que "faz bem refletir atentamente a que responsabilidade eclesial" chega quem é ordenado Bispo.

Foram palavras do Papa:
"Jesus Cristo nosso Senhor, enviado pelo Pai para redimir a humanidade, enviou ao mundo os doze Apóstolos, cheios do Espírito Santo, para anunciarem o Evangelho, e santificarem e conduzirem todos os povos, congregando-os num só redil."

Por isso, recorda Francisco, "para que este ministério continuasse até ao fim dos tempos, os Apóstolos escolheram colaboradores, aos quais comunicaram o dom do Espírito Santo, recebido de Cristo, mediante a imposição das mãos, pela qual é conferida a plenitude do Sacramento da Ordem."

Historia o Papa: "Assim, pela sucessão contínua dos Bispos, foi conservada, através das gerações, a tradição que vem desde o princípio, e a obra do Salvador perdura e cresce até aos nossos dias. Na pessoa do Bispo, rodeado pelos seus presbíteros, está presente no meio de vós nosso Senhor Jesus Cristo, o Pontífice eterno.
É Ele, Cristo Jesus, que, no ministério do Bispo, não cessa de anunciar o Evangelho e de oferecer aos crentes os mistérios da fé.
É Ele que, pelo múnus paterno do Bispo, acrescenta novos membros ao seu Corpo, que é a Igreja."

Quem é o Bispo

"É Ele que, pela sabedoria e prudência do Bispo, vos conduz, ao longo da peregrinação terrena, para a felicidade eterna. Recebei, pois, com santa alegria, estes nossos irmãos, que nós, os Bispos aqui presentes, mediante a imposição das mãos agregamos ao nosso colégio episcopal.
Deveis honrá-los como ministros de Cristo e dispensadores dos mistérios de Deus; a eles se confia o encargo de testemunhar o Evangelho da verdade e comunicar o Espírito e a santidade.
Recordem as palavras de Cristo aos Apóstolos: ‘Quem vos ouve, a Mim ouve; quem vos despreza, a Mim despreza, e quem Me despreza, despreza Aquele que Me enviou'."

O Bispo não é: comerciante, mundano, político

Quanto a vós, -continua o Papa-, irmãos caríssimos eleitos pelo Senhor, recordem que fostes escolhidos dentre os homens e postos ao serviço dos homens nas coisas que dizem respeito a Deus:

" Não para outras coisas. Não para os negócios, não para a mundanidade, não para a política. "

Conselhos e lembranças

Continuou o Santo Padre mostrando o que é ser bispo:
"'Episcopado' significa trabalho, não honra. Pois ao Bispo, mais do que presidir, tem obrigação de servir. Segundo o ensinamento do Mestre, o que é maior seja como o mais pequeno, e o que preside, como quem serve. Fujam da tentação de tornarem-se príncipes."

"Proclamem a palavra, oportuna e inoportunamente; exortem com toda a paciência e doutrina."

"Na oração e no sacrifício oferecido pelo povo a vocês confiado, procurem alcançar, da plenitude da santidade de Cristo, a multiforme riqueza de Deus."

"A primeira missão de um bispo é a oração. Um bispo que não reza não cumpre o seu dever, não preenche a sua vocação. "

"Sejam fiéis dispensadores dos mistérios de Cristo na Igreja que Deus a vós confia; governem-na e guardem-na com paternal solicitude."

"Com amor paterno e fraterno, amem a todos quantos Deus confia ao cuidado pastoral de vocês, sobretudo os presbíteros e os diáconos, vossos colaboradores no ministério."

"Não esqueçam que pertencem ao Colégio Episcopal, no seio da Igreja Católica, toda unida no vínculo da caridade; e não deixem de trazer convosco a solicitude por todas as Igrejas, sempre dispostos a levar ajuda às mais necessitadas."

Orar e Vigiar

"Vigiem. Vigiem com amor todo o rebanho no qual o Espírito Santo vos constitui para regeres a Igreja de Deus. E isto, o façam em nome do Pai, de Quem na Igreja sois a imagem. E em nome do seu Filho Jesus Cristo, cujo múnus de mestre, sacerdote e pastor irão exercer; e em nome do Espírito Santo, que dá vida à Igreja de Cristo e fortalece a nossa fraqueza, com a sua própria força", encerra o Papa. (JSG)

 


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Alegria pela presença do Papa, dor e solidariedade para com a Igreja na Nicarágua. ...
 
“Como Jesus, nós também devemos entrar em sintonia com o Pai e com o Espírito Santo”, afirmou ...
 
“Casais cristãos, famílias cristãs, Equipes de Nossa Senhora, a vossa vocação e missão não ...
 
Voluntários da arquidiocese farão levantamento da realidade sócio-religiosa das paróquias. ...
 
Como seria caótico nosso planeta se dele pudéssemos avistar muitos sóis e apenas algumas estrelas ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading