Loading
 
 
 
Loading
 
Arcebispo de Maceió incentiva o uso coerente das redes sociais
Loading
 
9 de Abril de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Maceió - Alagoas (Segunda-feira, 09-04-2018, Gaudium Press) O Santuário da Misericórdia São João Paulo II e Irmã Dulce, no Dique Estrada, celebrou no último domingo, 8 de abril, a Festa da Misericórdia.

Arcebispo de Maceió incentiva o uso coerente das redes sociais.png

Com uma programação extensa, o evento contou com momentos de louvores, orações e testemunhos, além de reflexão sobre a ação do Espirito Santo na vida do cristão, feita pelo Padre Tito Regis.

De acordo com o Padre Tito, "sem o Espírito Santo nem sabemos rezar e nem como nos colocarmos diante de Deus". "Por isso, devemos permitir que Ele aja e decida por nós", aconselhou o sacerdote, que é pároco da Paróquia São Miguel Arcanjo, na Colina dos Eucaliptos.

Após, houve oração do terço da misericórdia, seguida de procissão com as imagens de Jesus Misericordioso e Nossa Senhora das Graças até a Paróquia Virgem dos Pobres, no Vergel do Lago.

Regressando ao Santuário, os fiéis foram convidados para assistir à celebração eucarística, presidida pelo Arcebispo de Maceió, Dom Antônio Muniz.

Logo no início da cerimônia, Dom Antônio pediu aos presentes que ligassem a lanterna dos celulares, uma vez que "o brilho do cristão é a luz de Deus".

Em sua homília, o prelado fez um alerta aos fiéis sobre o mau uso das redes sociais: "cuidado com a 'língua solta' em maldizer a vida dos outros através de mensagens pelo WhatsApp e Facebook. Usem as redes sociais com coerência, como cristãos", disse. Para o arcebispo, "não basta apenas dizer que tem fé, é preciso ter fé".

Ao refletir sobre o Evangelho, Dom Antônio comentou a atitude de São Tomé ao tocar as chagas de Jesus ressuscitado. Segundo o religioso, essa passagem bíblica serve "para nos ensinar a crer com nossas mãos, sentindo as chagas de Jesus como sinal de seu amor por nós".

Depois da missa, ocorreu Adoração ao Santíssimo Sacramento e o encerramento da Festa da Misericórdia de Maceió com a benção de envio aos voluntários que serão animadores vocacionais nas paróquias.

Vale ressaltar que a iniciativa faz parte das ações em comemoração ao centenário da Arquidiocese de Maceió, que pretende ter 100 padres e seminaristas até 2020. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações da Arquidiocese de Maceió

Loading
Arcebispo de Maceió incentiva o uso coerente das redes sociais

Maceió - Alagoas (Segunda-feira, 09-04-2018, Gaudium Press) O Santuário da Misericórdia São João Paulo II e Irmã Dulce, no Dique Estrada, celebrou no último domingo, 8 de abril, a Festa da Misericórdia.

Arcebispo de Maceió incentiva o uso coerente das redes sociais.png

Com uma programação extensa, o evento contou com momentos de louvores, orações e testemunhos, além de reflexão sobre a ação do Espirito Santo na vida do cristão, feita pelo Padre Tito Regis.

De acordo com o Padre Tito, "sem o Espírito Santo nem sabemos rezar e nem como nos colocarmos diante de Deus". "Por isso, devemos permitir que Ele aja e decida por nós", aconselhou o sacerdote, que é pároco da Paróquia São Miguel Arcanjo, na Colina dos Eucaliptos.

Após, houve oração do terço da misericórdia, seguida de procissão com as imagens de Jesus Misericordioso e Nossa Senhora das Graças até a Paróquia Virgem dos Pobres, no Vergel do Lago.

Regressando ao Santuário, os fiéis foram convidados para assistir à celebração eucarística, presidida pelo Arcebispo de Maceió, Dom Antônio Muniz.

Logo no início da cerimônia, Dom Antônio pediu aos presentes que ligassem a lanterna dos celulares, uma vez que "o brilho do cristão é a luz de Deus".

Em sua homília, o prelado fez um alerta aos fiéis sobre o mau uso das redes sociais: "cuidado com a 'língua solta' em maldizer a vida dos outros através de mensagens pelo WhatsApp e Facebook. Usem as redes sociais com coerência, como cristãos", disse. Para o arcebispo, "não basta apenas dizer que tem fé, é preciso ter fé".

Ao refletir sobre o Evangelho, Dom Antônio comentou a atitude de São Tomé ao tocar as chagas de Jesus ressuscitado. Segundo o religioso, essa passagem bíblica serve "para nos ensinar a crer com nossas mãos, sentindo as chagas de Jesus como sinal de seu amor por nós".

Depois da missa, ocorreu Adoração ao Santíssimo Sacramento e o encerramento da Festa da Misericórdia de Maceió com a benção de envio aos voluntários que serão animadores vocacionais nas paróquias.

Vale ressaltar que a iniciativa faz parte das ações em comemoração ao centenário da Arquidiocese de Maceió, que pretende ter 100 padres e seminaristas até 2020. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações da Arquidiocese de Maceió

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/94323-Arcebispo-de-Maceio-incentiva-o-uso-coerente-das-redes-sociais. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Os comentários de Duterte foram recebidos com indignação pelo país de maioria católica. ...
 
A operação policial foi iniciada após uma denúncia de que obras possivelmente estivessem sendo v ...
 
O evento acontecerá na comunidade Santa Lúcia, da Paróquia Santa Catarina. ...
 
O projeto de restauração da Catedral contará também com contribuições da Igreaja, doações e ...
 
“A Formação Sacerdotal Hoje” retrata a trajetória da OSIB, apresentando a experiência dos re ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading