Loading
 
 
 
Loading
 
Objetos dos Mártires da Inglaterra são expostos em Roma
Loading
 
30 de Abril de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Itália - Roma (Segunda-feira, 30-04-2018, Gaudium Press) O Venerável Colégio Inglês, estabelecido como seminário para a Igreja Católica da Inglaterra e Gales em Roma, está realizando uma exibição cujo objetivo é manter viva a memória dos mártires ingleses, tendo em conta um ano histórico para os católicos deste país.

Objetos dos Mártires da Inglaterra são expostos em Roma.jpg

A exibição apresenta uma série de artefatos. O título desta mostra é "Memória, mártires e visão: Aspectos da história do hospício inglês e o Colégio Venerável Inglês, Roma: 1362-2018". Esta mostra coincide com várias datas: o 900° aniversário de São Tomás de Canterbury, o 450° aniversário da fundação do primeiro Seminário Inglês em Douai, França, e o 200° aniversário desde a reabertura do Colégio, depois da invasão de Roma. Os artigos do catolicismo inglês incluem relíquias, vestimentas, livros e placas de igrejas. Além disso se incluíram documentos de três instituições: o Venerável Colégio Inglês, o Colégio de Stonyhurst em Lancashire e o Colégio Inglês de Douai (que se transladou à Inglaterra em 1794, dividindo-se em duas novas comunidades: Ushaw College, Durham, e St Edmund's College, Ware, em Hertfordshire).

Alguns artefatos que estão conservados no Colégio de Stonyhurst em Lancashire, um dos 47 condados da Inglaterra, vieram originalmente do Venerável Colégio Inglês, tendo em conta que no ano de 1773, o Papa Clemente XIV através de um decreto, proibiu a presença e o trabalho dos jesuítas por mais de 30 anos. Os objetos expostos, foram resgatados pelo antiquário jesuíta inglês John Thorpe (1726-1792), que passou a maior parte de seu tempo em Roma, antes de morrer. O antiquário levou estes preciosos objetos à Academia Inglês de Lieja, que teve que esconder da Revolução Francesa em 1794. Esta Instituição se transladou para Stonyhurst, onde a maioria destes tesouros são conservados e retornarão à Roma 245 anos depois.

Entre os tesouros que se exibem nesta mostra, que está dividida em 18 seções, se encontra um manuscrito de Santo Tomás de Canterbury.

Além disso, entre 1581 e 1679, 44 ex-membros do Venerável Colégio, foram executados em Gales ou na Inglaterra por suas crenças religiosas, entre eles São Ralph Sherwin (1550-1581), que foi um Sacerdote Católico Inglês e o primeiro dos mártires do Colégio e São Robert Southwell (1561-1595) Sacerdote Católico, pertencente à Companhia de Jesus, também foi poeta, hinologista e missionário clandestino. (EPC)

Loading
Objetos dos Mártires da Inglaterra são expostos em Roma

Itália - Roma (Segunda-feira, 30-04-2018, Gaudium Press) O Venerável Colégio Inglês, estabelecido como seminário para a Igreja Católica da Inglaterra e Gales em Roma, está realizando uma exibição cujo objetivo é manter viva a memória dos mártires ingleses, tendo em conta um ano histórico para os católicos deste país.

Objetos dos Mártires da Inglaterra são expostos em Roma.jpg

A exibição apresenta uma série de artefatos. O título desta mostra é "Memória, mártires e visão: Aspectos da história do hospício inglês e o Colégio Venerável Inglês, Roma: 1362-2018". Esta mostra coincide com várias datas: o 900° aniversário de São Tomás de Canterbury, o 450° aniversário da fundação do primeiro Seminário Inglês em Douai, França, e o 200° aniversário desde a reabertura do Colégio, depois da invasão de Roma. Os artigos do catolicismo inglês incluem relíquias, vestimentas, livros e placas de igrejas. Além disso se incluíram documentos de três instituições: o Venerável Colégio Inglês, o Colégio de Stonyhurst em Lancashire e o Colégio Inglês de Douai (que se transladou à Inglaterra em 1794, dividindo-se em duas novas comunidades: Ushaw College, Durham, e St Edmund's College, Ware, em Hertfordshire).

Alguns artefatos que estão conservados no Colégio de Stonyhurst em Lancashire, um dos 47 condados da Inglaterra, vieram originalmente do Venerável Colégio Inglês, tendo em conta que no ano de 1773, o Papa Clemente XIV através de um decreto, proibiu a presença e o trabalho dos jesuítas por mais de 30 anos. Os objetos expostos, foram resgatados pelo antiquário jesuíta inglês John Thorpe (1726-1792), que passou a maior parte de seu tempo em Roma, antes de morrer. O antiquário levou estes preciosos objetos à Academia Inglês de Lieja, que teve que esconder da Revolução Francesa em 1794. Esta Instituição se transladou para Stonyhurst, onde a maioria destes tesouros são conservados e retornarão à Roma 245 anos depois.

Entre os tesouros que se exibem nesta mostra, que está dividida em 18 seções, se encontra um manuscrito de Santo Tomás de Canterbury.

Além disso, entre 1581 e 1679, 44 ex-membros do Venerável Colégio, foram executados em Gales ou na Inglaterra por suas crenças religiosas, entre eles São Ralph Sherwin (1550-1581), que foi um Sacerdote Católico Inglês e o primeiro dos mártires do Colégio e São Robert Southwell (1561-1595) Sacerdote Católico, pertencente à Companhia de Jesus, também foi poeta, hinologista e missionário clandestino. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/94874-Objetos-dos-Martires-da-Inglaterra-sao-expostos-em-Roma. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Junto com a peça os visitantes podem assistir a um vídeo com os testemunhos das pessoas que partic ...
 
“A mensagem de Fátima continua a desafiar a uma atitude de oferta da própria vida a Deus e aos ...
 
As celebrações seguiram o lema: “Com Lourenço servidor, do povo protetor, escutamos e anunciamo ...
 
Bispos da Igreja Caldeia Católica apelaram para o fim da guerra na Síria e em todo o Médio Orient ...
 
“A lei que penaliza o aborto provocado está a serviço de um valor altíssimo, que é a vida do n ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading