Loading
 
 
 
Loading
 
Mártires Vietnamitas - jubileu da canonização será iniciado em 19 de junho
Loading
 
9 de Maio de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Ho Chi Minh City (Terça-feira, 09-05-2018, Gaudium Press) - A Conferência Episcopal Vietnamita anunciou que vai começar no próximo 19 de junho um Jubileu especial para o 30 º aniversário da canonização de 117 mártires vietnamitas. 

09-Mártires vietnamitas - jubileu da canonização será iniciado em 19 de junho.jpg

As celebrações duram até 24 de novembro de 2018, dia em que se celebra liturgicamente esses mártires.

O Arcebispo de Hue, Dom Joseph Nguyen Chi Linh, presidente da Conferência Episcopal do Vietnam explicou que "Durante a visita ‘ad limina' em março deste ano, os bispos vietnamitas pediram à Signatura Apostólica para que fosse concedida a permissão para celebrar um jubileu por ocasião dos 30 anos de canonização dos 117 mártires, e o pedido foi aprovado ".

117 Mártires

Entre os 117 mártires, 96 são vietnamitas, 11 espanhóis e 10 franceses. Eles foram beatificados por João Paulo II na Praça de São Pedro, em 19 de Junho de 1988.

Na ocasião da beatificação, ela foi considerada como sendo a de maior número mártires de uma só vez. Ela superou o número dos 103 mártires coreanos beatificados na Coreia do Sul em 1984.

O número de mártires vietnamitas beatificados só foi superado pela canonização de 120 mártires chineses, em 2000, pelo Papa João Paulo II.

Perseguições: História

A perseguição contra os cristãos irrompeu no Vietnã quase que simultaneamente com o primeiro anúncio do Evangelho, em meados do século XVI.

Porém, atingiu o pico durante a dinastia Nguyen, a última família dinástica vietnamita.

Seu governo durou 143 anos, tendo sido iniciado em 1802, quando o imperador Gia Long subiu ao trono, depois de derrotar a dinastia Tây S?n.

Durante esse período, foram assassinados mais de 300.000 católicos vietnamitas.

Por volta de 1886, a ocupação francesa propiciou uma leve diminuição da perseguição aos católicos.
Com a era da dominação comunista, outras ondas de perseguição se seguiram.

Até hoje, a Igreja do Vietnã não teve a possibilidade de coletar dados sobre o número exato de pessoas aprisionadas e mortas por ódio à Fé, durante o período comunista, que ainda domina a nação.

Além da perseguição, prisão e morte há um grande número de católicos que são discriminados e marginalizados por causa de sua Fé. E isto é uma forma de martírio.

As cerimônias do Jubileu

As cerimônias inaugurais do Jubileu serão realizadas em três lugares históricos localizados em diferentes províncias eclesiásticas: Hà N?i, Hu? e Saigón.

A cerimônia para a Arquidiocese de Hanói e outras nove dioceses do Norte será realizada na Basílica Menor de Nossa Senhora da Imaculada Conceição, em São Kien, na província de Ha Nam. 

A basílica foi construída há 135 anos e S? Ki?n é a terra natal de dois mártires: Padre Peter Truong Van Thi e seu irmão Peter Truong Van Duong.

Hue

Para a Arquidiocese de Hue e outros cinco dioceses da região central do Vietnã, foi escolhido o centro de peregrinação de Nossa Senhora de La Vang, na província de Quang Tri.

No local onde se encontra este Santuário, a Virgem apareceu para consolar alguns fiéis que fugiram para a selva, buscando refúgio em meio às perseguições desencadeadas há 220 anos.

Saigon, atual Ho Chi Minh

No Sul, os católicos de Ho Chi Minh e outras 10 dioceses são convidados a se reunir no centro de peregrinação O Ba Giong, que fica na província de Tien Giang.

Esta região é a terra natal de milhares de mártires do século XVIII e XIX.

Viver a espiritualidade dos Mártires

O Bispo Nguy?n convidou os fiéis a "viver a espiritualidade dos mártires" como testemunhas de Deus e do Evangelho no ambiente contemporâneo.

O prelado também sugeriu visitar pessoas que estão passando por dificuldades, sejam doentes, prisioneiros, idosos, pessoas solteiras, deficientes, como parte de uma peregrinação a Cristo.

O Bispo disse que as pessoas "devem reduzir os gastos em coisas que não são necessárias, para ajudar os pobres, as estruturas religiosas e sociais, dedicando-se a atividades para o bem comum da comunidade". (JSG)

 

(Da Redação Gaudium Press, com Informações Asia Newa)

 

Loading
Mártires Vietnamitas - jubileu da canonização será iniciado em 19 de junho

Ho Chi Minh City (Terça-feira, 09-05-2018, Gaudium Press) - A Conferência Episcopal Vietnamita anunciou que vai começar no próximo 19 de junho um Jubileu especial para o 30 º aniversário da canonização de 117 mártires vietnamitas. 

09-Mártires vietnamitas - jubileu da canonização será iniciado em 19 de junho.jpg

As celebrações duram até 24 de novembro de 2018, dia em que se celebra liturgicamente esses mártires.

O Arcebispo de Hue, Dom Joseph Nguyen Chi Linh, presidente da Conferência Episcopal do Vietnam explicou que "Durante a visita ‘ad limina' em março deste ano, os bispos vietnamitas pediram à Signatura Apostólica para que fosse concedida a permissão para celebrar um jubileu por ocasião dos 30 anos de canonização dos 117 mártires, e o pedido foi aprovado ".

117 Mártires

Entre os 117 mártires, 96 são vietnamitas, 11 espanhóis e 10 franceses. Eles foram beatificados por João Paulo II na Praça de São Pedro, em 19 de Junho de 1988.

Na ocasião da beatificação, ela foi considerada como sendo a de maior número mártires de uma só vez. Ela superou o número dos 103 mártires coreanos beatificados na Coreia do Sul em 1984.

O número de mártires vietnamitas beatificados só foi superado pela canonização de 120 mártires chineses, em 2000, pelo Papa João Paulo II.

Perseguições: História

A perseguição contra os cristãos irrompeu no Vietnã quase que simultaneamente com o primeiro anúncio do Evangelho, em meados do século XVI.

Porém, atingiu o pico durante a dinastia Nguyen, a última família dinástica vietnamita.

Seu governo durou 143 anos, tendo sido iniciado em 1802, quando o imperador Gia Long subiu ao trono, depois de derrotar a dinastia Tây S?n.

Durante esse período, foram assassinados mais de 300.000 católicos vietnamitas.

Por volta de 1886, a ocupação francesa propiciou uma leve diminuição da perseguição aos católicos.
Com a era da dominação comunista, outras ondas de perseguição se seguiram.

Até hoje, a Igreja do Vietnã não teve a possibilidade de coletar dados sobre o número exato de pessoas aprisionadas e mortas por ódio à Fé, durante o período comunista, que ainda domina a nação.

Além da perseguição, prisão e morte há um grande número de católicos que são discriminados e marginalizados por causa de sua Fé. E isto é uma forma de martírio.

As cerimônias do Jubileu

As cerimônias inaugurais do Jubileu serão realizadas em três lugares históricos localizados em diferentes províncias eclesiásticas: Hà N?i, Hu? e Saigón.

A cerimônia para a Arquidiocese de Hanói e outras nove dioceses do Norte será realizada na Basílica Menor de Nossa Senhora da Imaculada Conceição, em São Kien, na província de Ha Nam. 

A basílica foi construída há 135 anos e S? Ki?n é a terra natal de dois mártires: Padre Peter Truong Van Thi e seu irmão Peter Truong Van Duong.

Hue

Para a Arquidiocese de Hue e outros cinco dioceses da região central do Vietnã, foi escolhido o centro de peregrinação de Nossa Senhora de La Vang, na província de Quang Tri.

No local onde se encontra este Santuário, a Virgem apareceu para consolar alguns fiéis que fugiram para a selva, buscando refúgio em meio às perseguições desencadeadas há 220 anos.

Saigon, atual Ho Chi Minh

No Sul, os católicos de Ho Chi Minh e outras 10 dioceses são convidados a se reunir no centro de peregrinação O Ba Giong, que fica na província de Tien Giang.

Esta região é a terra natal de milhares de mártires do século XVIII e XIX.

Viver a espiritualidade dos Mártires

O Bispo Nguy?n convidou os fiéis a "viver a espiritualidade dos mártires" como testemunhas de Deus e do Evangelho no ambiente contemporâneo.

O prelado também sugeriu visitar pessoas que estão passando por dificuldades, sejam doentes, prisioneiros, idosos, pessoas solteiras, deficientes, como parte de uma peregrinação a Cristo.

O Bispo disse que as pessoas "devem reduzir os gastos em coisas que não são necessárias, para ajudar os pobres, as estruturas religiosas e sociais, dedicando-se a atividades para o bem comum da comunidade". (JSG)

 

(Da Redação Gaudium Press, com Informações Asia Newa)

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/95094-Martires-Vietnamitas---jubileu-da-canonizacao-sera-iniciado-em-19-de-junho-. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O evento, que seguiu o lema “Não temas Maria, pois encontras-te graça diante de Deus”, foi con ...
 
“A capela de adoração é uma iniciativa do Senhor para que tivéssemos um lugar adequado para or ...
 
Conforme o purpurado, Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos. ...
 
Criada em 27 de maio de 1998 pelo Papa João Paulo II, o bispado de Criciúma foi desmembrado da Dio ...
 
O sucesso vocacional do sacerdote depende das orações dos fiéis, afirma arcebispo de Malanje, no ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading