Loading
 
 
 
Loading
 
Uruguai celebra 30 anos da visita de São João Paulo II
Loading
 
11 de Maio de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Uruguai - Salta (Sexta-feira, 11-05-2018, Gaudium Press) Emotivo, este foi o ato recordatório com o qual a cidade de Salto no Uruguai comemorou na quarta-feira, 09 de maio, os 30 anos da visita de São João Paulo II à cidade.

Uruguai celebra 30 anos da visita de São João Paulo II.jpg

O ato aconteceu na Catedral Basílica de João Batista com a participação de diferentes instituições educativas católicas, fiéis em geral e Dom Pablo Galimberti, Bispo de Salto; além de Eduardo Malaquita, Intendente de Salto que recebeu o Papa.

Com uma oferenda floral, o canto do Hino ao Papa, e uma Missa, se evocou o altar onde há três décadas o Pontífice polonês celebrou a Eucaristia no marco da viagem apostólica que realizou ao Uruguai, Bolívia, Lima e Paraguai de 07 à 19 de maio de 1988. Em sua viagem pelo Uruguai, o Santo Padre, diante de uma multidão de fiéis, presidiu a Missa no Parque Mattos Neto de Salto.

Nova evangelização

Precisamente há 30 anos, o Papa dedicava sua homilia para a Nova Evangelização assinalando: "Vossa pátria (...) nasceu católica e tem dado muitos frutos de apostolado. Agora chegou o momento de maturidade da vossa Fé e o tempo de uma 'nova evangelização'".

"O renovado ardor apostólico que se requer em nossos dias para a evangelização, começa a partir de um reiterado ato de confiança em Jesus Cristo: porque Ele é quem move os corações. Ele é o único que tem palavras de vida para alimentar as almas famintas de eternidade. Ele é quem nos transmite seu fogo apostólico na oração, nos sacramentos e especialmente na Eucaristia. 'Vim para trazer fogo à terra, e o que quero senão que arda?' (Lc 12, 49). Estas ânsias de Cristo seguem vivas em seu Coração", prosseguia o Pontífice polonês na Missa que presidiu em Salto.

Aos grupos de oração e associações eclesiais

Na ocasião, São João Paulo II, se dirigiu de modo especial às comunidades eclesiais e associações dizendo:

"Enquanto isso, os diversos movimentos de apostolado no Uruguai, os grupos de reflexão e oração, as comunidades de base e associações eclesiais deram e continuarão dando, com a graça de Deus, frutos que manifestem a vitalidade própria da Igreja. A todos desejo recordar que 'devem ser destinatários especiais da evangelização e ao mesmo tempo evangelizadores', mostrando em todo momento sua genuína fidelidade ao Magistério da Igreja, ao Papa e aos Bispos, assim como sua projeção universalista e missionária, e um decidido compromisso pela justiça". (EPC)

Loading
Uruguai celebra 30 anos da visita de São João Paulo II

Uruguai - Salta (Sexta-feira, 11-05-2018, Gaudium Press) Emotivo, este foi o ato recordatório com o qual a cidade de Salto no Uruguai comemorou na quarta-feira, 09 de maio, os 30 anos da visita de São João Paulo II à cidade.

Uruguai celebra 30 anos da visita de São João Paulo II.jpg

O ato aconteceu na Catedral Basílica de João Batista com a participação de diferentes instituições educativas católicas, fiéis em geral e Dom Pablo Galimberti, Bispo de Salto; além de Eduardo Malaquita, Intendente de Salto que recebeu o Papa.

Com uma oferenda floral, o canto do Hino ao Papa, e uma Missa, se evocou o altar onde há três décadas o Pontífice polonês celebrou a Eucaristia no marco da viagem apostólica que realizou ao Uruguai, Bolívia, Lima e Paraguai de 07 à 19 de maio de 1988. Em sua viagem pelo Uruguai, o Santo Padre, diante de uma multidão de fiéis, presidiu a Missa no Parque Mattos Neto de Salto.

Nova evangelização

Precisamente há 30 anos, o Papa dedicava sua homilia para a Nova Evangelização assinalando: "Vossa pátria (...) nasceu católica e tem dado muitos frutos de apostolado. Agora chegou o momento de maturidade da vossa Fé e o tempo de uma 'nova evangelização'".

"O renovado ardor apostólico que se requer em nossos dias para a evangelização, começa a partir de um reiterado ato de confiança em Jesus Cristo: porque Ele é quem move os corações. Ele é o único que tem palavras de vida para alimentar as almas famintas de eternidade. Ele é quem nos transmite seu fogo apostólico na oração, nos sacramentos e especialmente na Eucaristia. 'Vim para trazer fogo à terra, e o que quero senão que arda?' (Lc 12, 49). Estas ânsias de Cristo seguem vivas em seu Coração", prosseguia o Pontífice polonês na Missa que presidiu em Salto.

Aos grupos de oração e associações eclesiais

Na ocasião, São João Paulo II, se dirigiu de modo especial às comunidades eclesiais e associações dizendo:

"Enquanto isso, os diversos movimentos de apostolado no Uruguai, os grupos de reflexão e oração, as comunidades de base e associações eclesiais deram e continuarão dando, com a graça de Deus, frutos que manifestem a vitalidade própria da Igreja. A todos desejo recordar que 'devem ser destinatários especiais da evangelização e ao mesmo tempo evangelizadores', mostrando em todo momento sua genuína fidelidade ao Magistério da Igreja, ao Papa e aos Bispos, assim como sua projeção universalista e missionária, e um decidido compromisso pela justiça". (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/95139-Uruguai-celebra-30-anos-da-visita-de-Sao-Joao-Paulo-II. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O evento, que seguiu o lema “Não temas Maria, pois encontras-te graça diante de Deus”, foi con ...
 
“A capela de adoração é uma iniciativa do Senhor para que tivéssemos um lugar adequado para or ...
 
Conforme o purpurado, Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos. ...
 
Criada em 27 de maio de 1998 pelo Papa João Paulo II, o bispado de Criciúma foi desmembrado da Dio ...
 
O sucesso vocacional do sacerdote depende das orações dos fiéis, afirma arcebispo de Malanje, no ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading