Loading
 
 
 
Loading
 
“A melhor notícia é sempre Jesus Cristo e seu Evangelho”, diz bispo em Montes Claros (MG)
Loading
 
14 de Maio de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Redação (Segunda-feira, 14-05-2018, Gaudium Press) As "Fake News", como são conhecidas as notícias falsas, estão cada vez mais presentes no meio comunicacional, causando enganos aos leitores que, levados por sentimentos pessoais, chegam a compartilhar principalmente nas redes sociais essas "inverdades" sem terem noção da veracidade ou não dos fatos.

A melhor notícia é sempre Jesus Cristo e seu Evangelho, diz bispo em Montes Claros (MG).jpg

Acerca deste assunto, o bispo coadjutor de Montes Claros (MG) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para Cultura e Educação da CNBB, Dom João Justino de Medeiros, lembrou que, "os cristãos, discípulos de Jesus, devem ser ainda mais criteriosos para serem fiéis ao anúncio da Boa-notícia do Reino".

"Falsas notícias ferem o princípio fundamental da comunicação que é o de gerar encontro, diálogo e comunhão entre as pessoas. A reprodução de ‘Fake News' na rede é um desserviço aos próprios meios de comunicação, criados para aproximar e não para distanciar", afirmou.

Sabendo que as pessoas costumam sofrer constrangimentos com os disseminadores de notícias falsas, Dom João Justino alertou:

"Se a inexatidão de uma notícia já é danosa, imagine quando se trata de uma notícia falsa. Geralmente fere a dignidade da pessoa, fere o respeito às instituições, inviabiliza processos e enfraquece o tecido social".

Vale ressaltar que esta tendência nada ética também tem atingido a Igreja Católica no mundo. Sendo assim, por ocasião da 52ª Jornada Mundial das Comunicações, celebrado em 13 de maio passado, o Papa Francisco publicou a seguinte mensagem: "A verdade vos tornara livres - Fake News e jornalismo de paz".

Sobre a mensagem do Santo Padre, Dom João Justino chamou a atenção para aquelas notícias falsas que têm o intuito de denegrir a vida e a missão da Igreja.

"Precisamos estar muito atentos para não compartilhar e divulgar as ‘Fake News'. E devemos agir sempre a favor da divulgação do que é bom, belo e verdadeiro. Neste sentido, a melhor notícia é sempre Jesus Cristo e seu Evangelho", destacou.

"Quanto mais divulgarmos tanta beleza da vida eclesial, mais combateremos o que é falso em relação à Igreja", concluiu. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações da CNBB

Loading
“A melhor notícia é sempre Jesus Cristo e seu Evangelho”, diz bispo em Montes Claros (MG)

Redação (Segunda-feira, 14-05-2018, Gaudium Press) As "Fake News", como são conhecidas as notícias falsas, estão cada vez mais presentes no meio comunicacional, causando enganos aos leitores que, levados por sentimentos pessoais, chegam a compartilhar principalmente nas redes sociais essas "inverdades" sem terem noção da veracidade ou não dos fatos.

A melhor notícia é sempre Jesus Cristo e seu Evangelho, diz bispo em Montes Claros (MG).jpg

Acerca deste assunto, o bispo coadjutor de Montes Claros (MG) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para Cultura e Educação da CNBB, Dom João Justino de Medeiros, lembrou que, "os cristãos, discípulos de Jesus, devem ser ainda mais criteriosos para serem fiéis ao anúncio da Boa-notícia do Reino".

"Falsas notícias ferem o princípio fundamental da comunicação que é o de gerar encontro, diálogo e comunhão entre as pessoas. A reprodução de ‘Fake News' na rede é um desserviço aos próprios meios de comunicação, criados para aproximar e não para distanciar", afirmou.

Sabendo que as pessoas costumam sofrer constrangimentos com os disseminadores de notícias falsas, Dom João Justino alertou:

"Se a inexatidão de uma notícia já é danosa, imagine quando se trata de uma notícia falsa. Geralmente fere a dignidade da pessoa, fere o respeito às instituições, inviabiliza processos e enfraquece o tecido social".

Vale ressaltar que esta tendência nada ética também tem atingido a Igreja Católica no mundo. Sendo assim, por ocasião da 52ª Jornada Mundial das Comunicações, celebrado em 13 de maio passado, o Papa Francisco publicou a seguinte mensagem: "A verdade vos tornara livres - Fake News e jornalismo de paz".

Sobre a mensagem do Santo Padre, Dom João Justino chamou a atenção para aquelas notícias falsas que têm o intuito de denegrir a vida e a missão da Igreja.

"Precisamos estar muito atentos para não compartilhar e divulgar as ‘Fake News'. E devemos agir sempre a favor da divulgação do que é bom, belo e verdadeiro. Neste sentido, a melhor notícia é sempre Jesus Cristo e seu Evangelho", destacou.

"Quanto mais divulgarmos tanta beleza da vida eclesial, mais combateremos o que é falso em relação à Igreja", concluiu. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações da CNBB


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

As celebrações seguiram o lema: “Com Lourenço servidor, do povo protetor, escutamos e anunciamo ...
 
Bispos da Igreja Caldeia Católica apelaram para o fim da guerra na Síria e em todo o Médio Orient ...
 
“A lei que penaliza o aborto provocado está a serviço de um valor altíssimo, que é a vida do n ...
 
Os jovens procurarão responder: “como brilhar aos olhos de Deus e descobrir a beleza da santidade ...
 
O objetivo da iniciativa é “compartilhar com jovens de distintos países europeus a alegria da F ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading